Olá Clubeiros !!!

Olá Clubeiros !!!

A História Segue ...


Lu, André, Pedro Rossi - Minas em Concerto ... Obrigado Lívia Bastos
.
E a história segue... Depois da apresentação daquele disco duplo da galera do Clube da Esquina pela minha prima Consuelo, foram sucessivos momentos de explosões de euforia. Momentos e canções. Eu havia mudado. Eu já era um apaixonado por Minas Gerais, -"a pedalar camisa aberta no peito"-, mas já não sabia se amava Minas e seus filhos, ou os filhos de Minas. O fato é que aquelas canções me provocavam uma reflexão profunda, atitudes que até então eu não fazia.
.
E a história segue... Nossa juventude. Éramos super-heróis, digo isso porque éramos muitos, uma galera. Sonhávamos com um mundo novo, um pensamento coletivo onde acreditávamos em uma mudança justa para todos. Senso crítico, fé, coragem, amor, respeito, ética e justiça. Poxa será que aqueles cabeludos sabiam o "tanto" que eles nos estimulavam? Estava semeado os valores do Bem.
.
"...as canções em nossa memória vão ficar
profundas raízes vão crescer
a Luz das pessoas me faz crer
e eu sinto que vamos juntos..."
Beto Guedes / Ronaldo Bastos
.E a história segue... Já não cantávamos as canções. Nós a declamávamos. Cada frase era um grito para o mundo, para quem quisesse ouvir. Muitos acampamentos, rodas de violões, noites enluaradas, pessoas sintonizadas, regada por discursos inflamados pelo amor, que emocionavam a todos... O que poderia nos deter?
.
E a história segue... Agora estava na hora de conhecer os criadores. Shows, muitos shows. Em todos os cantos, em todos os lados, várias vezes. Lembro-me que economizávamos grana para poder ir aos shows. Todos juntos, para quem não tinha condições fazíamos “vaquinha”, alguém se lembra disso? Era no boca-a-boca que as pessoas iam conhecendo os cabeludos da esquina. Éramos os primeiros a chegar. Na casa de espetáculos na fila de entrada sempre alguém levava um violão, o show começava ali.
.
E a história segue... Dezembro de 1988 / Janeiro de 1989. Minas em Concerto. Beto Guedes, Lô Borges, Toninho Horta, Flávio Venturini, Wagner Tiso, Paulinho Carvalho e Neném. A expectativa era indescritível. Um avisando pro outro, muita ansiedade, afinal já sentíamos que o show seria um marco nas nossas vidas. Todo mundo reunido!!! Meu Deus... Foi muita alegria ver materializar os sonhos, ali perto na nossa frente. Não há nada que eu possa escrever para narrar aqueles dias. Alguns dias que mudaram as vidas de tantas pessoas.
.
E a história segue...
.
Pedro Rossi
...